Circuito das águas – Serra do Gandarela

No sábado 04 de novembro partimos para mais uma trilha, o local escolhido foi a serra do Gandarela. Nosso ponto de partida foi a rodoviária de BH, lugar tranquilo para todos participantes da trilha se encontrarem.

Com todos reunidos, seguimos nosso rumo para pegar o ônibus para Rio Cima. No percurso de aproximadamente 1 hora, alguns aproveitaram o tempo para dormir, olhar a paisagem quando fora do perímetro urbano. O tempo fechado indicava que poderíamos ter chuva no percurso, mas nada que nos desanima-se, pelo contrario seria até um certo alivio caminhar sem sol de rachar.

Ao chegarmos em Rio Acima a primeira providencia foi lanchar, fomos até uma lanchonete ao lado da Paróquia Santo Antônio para o tradicional pastel de queijo pré-trilha. Para nossa surpresa o céu em Rio Acima estava aberto e o sol forte, mostrando que iríamos encarar muito calor na trilha.

Terminado o lanche iniciamos a caminhada, pois tínhamos muito chão a percorrer. Começamos com uma passada na cachoeira da Sansa onde encontramos alguns ciclistas tirando fotos, também tiramos algumas fotos e após marcação no wikiloc, continuamos nosso rumo.

gandarela
Cachoeira da Sansa

Após a cachoeira da Sansa andamos um bom pedaço em asfalto até começar a estradinha de terra,

gandarela

de onde tbm é possível chergar a honório Bicalho em uma bifurcação. Seguindo a direita para Honório e esquerda para a cachoeira do Mingú.
Como nossa intenção não era Honório Bicalho pegamos o caminho a esquerda e seguimos sentido cachoeira do Mingú.

gandarela

Atravessamos a pinguela e paramos para descansar na cachoeira do Mingú. Ficamos ali cerca de 40 minutos

Com todos descansados voltamos para próximo da pinguela, pois agora nosso próximo objetivo era a cachoeira do Rodrigo.


Chegando na cachoeira do Rodrigo, Evandro correu pra debaixo da queda sem pensar duas vezes, a maioria ficou apenas na tirando fotos e admirando.

gandarela
Cachoeira do Rodrigo

gandarela

Tirei algumas fotos e voltei pra estradinha para o Diego descer e fazer companhia a Emily que estava so o pó e não teve animo de ver a cachoeira

gandarela

Retomamos a caminhada e após cerca de 1,2 km chegamos no vale dos eucaliptos, uma área bonita e agradável de caminhar.

Logo em seguida o vale dos pinheiros muito mais bonito que os eucaliptos e tivemos que fazer uma pausa neste local para admirir.

Acredito que ficamos de 20 a 30 minutos neste agradável local, apesar da vontade de permanecer ali, tínhamos de continuar, afinal era chão pra bosta pra andar como diz o Eder.
Atravessamos um brejo, passamos ao lado morro do careca com 14,7 km percorridos.
Mais alguns quilômetros e chegamos ao ponto de acampamento, finalmente tomamos aquele merecido banho, janta e dormir para finalizar a trilha no dia seguinte.

Café da manha tomado, hora de desmontar acampamento. Agora faltava pouco para terminarmos e como estava cedo fizemos uma parada na cachoeira do Viana.

Foto feita com o drone do casal em cima do carro

Descemos a estradinha já conhecida por quem frequenta a cachoeira e finalizamos no terminal rodoviário de Rio Acima com 27,5 km de trilha pela Serra do Gandarela

⇒ Mais fotos da trilha

Informações

Travessia realizada nos dias 04 e 05 de novembro de 2017
Serra do Gandarela, Rio Acima/MG
Extensão: 25,7 km
Elevação máxima: 1,360 metros

Powered by Wikiloc

 

Compartilhe

Gus Metallum

Trilheiro, entusiasta das artes mateiras, da fotografia, do arco e flecha e tiro esportivo. Iniciou as praticas outdoor em setembro de 2016 e não parou mais. Um dos fundadores do Elite das Serras

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial